[Leia Mais] Cuidado com quem lê

Posted by: PDL  /  Category: Informação e Cultura, Leia mais (propagandas de leitura)

Conhecimento sempre foi uma ameaça quando se trata de manter a população obediente e ordeira. Na idade média, tentando frear o avanço do protestantismo, a igreja católica criou o index librorum proibitorum, ou índice de livros proibidos. Aos poucos, a lista foi crescendo e cercando outros tipos diversos de ameaças à fé, só tendo sido extinta em 1948.

No livro Em nome da Rosa, de Umberto Eco, tomamos conhecimento de outra prática que também teria sido usada na mesma época. Para impedir a disseminação de informações, os livros eram envenenados, e acabavam matando os leitores, que tinham o hábito de molhar a ponta do dedo na língua para virar as páginas.

Também era muito comum que ao conquistar uma cidade, o exército inimigo simplesmente queimasse todos os livros do povo dominado. Mas ficando apenas no mundo da literatura, impossível não citar livros como Farenheit 451 e 1984, que bem mostraram a relação entre o poder e o controle das informações. No livro bíblico de Gênesis, Adão e Eva também são punidos por provarem da “árvore do conhecimento”, em um possível incentivo à obediência em detrimento de um pensamento mais questionador. Como se pode ver, conhecimento é um bom negócio. Sem ele ainda estaríamos andando peladões por aí.

Veja mais propagandas de livros e leitura.

Tags: , , , , , , ,

18 Comentários para “[Leia Mais] Cuidado com quem lê”

  1. Fernando Comentou:

    Super interessante o post, muitos livros ou mesmo escritas foram perdidas com o tempo.
    O foda é que mesmo assim, 97% dos brasileiros por exemplo não se importa com isso.

    A gente reclama do preço da gasolina, chega em casa e assiste Fausto Silva no seu belo programa de domingo.

    Essa cultura ocidental de massa e consumo que vivemos, tá foda, mto foda. Tanta foda, que falta cérebro rsrs.

  2. Vega Comentou:

    Não gostei da parte da árvore do conhecimento… Encontrei este blog a poucos dias e já vejo besteiras… Deus não impede o conhecimento de ninguem! Foi ridículo este comentário…. Até a imagem usada no post é bem demoniaca! fraco!

  3. David William da Costa Comentou:

    Em partes concordo com você, mas, a respeito de gênisis existe um contexto em cima da história, Deus não queria que Adão e Eva conhecesse o bem e o mal, pois isso os tornaria como hoje pessoas que muitas vezes acaam praticando o mal, eu creio que o conhecimento é ótimo e eu amo ler, desde que este conhecimento não seja utilizado para o mal.

  4. virginia Comentou:

    Conhecimento sempre é bom,antes os livros eram raros e alvo de destruição para barrar o saber, hoje temos farto material publicado, mas ainda são caros para a maioria da população.Bom é ter a internet (e esse site ) para lermos, mas nada se compara ao prazer de ter um livro nas mãos.

  5. Alex Melo Comentou:

    Tudo bem. Dou meus parabéns ao site, que só fui ter conhecimento agora. ^^ . E quanto ao post, não houve nada de errado, no entanto a visão contrária de ‘Vega’ se dá por sua intensa religiosidade. E a imagem ilustra bem o assunto. Novamente, parabéns… mais um leitor aqui. ^^.

  6. FFGN Comentou:

    “E ordenou o SENHOR Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente, Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.” Gn 2:16-17

    Mostra que deu ao homem o direito de escolha. Não proíbe, só adverte, pois poderia muito bem não ter colocado, ou melhor, nem criado a árvore do conhecimento do bem e do mal e até intervido. Além disso, falou da consequência: perder a eternidade, pois foi feito para ser eterno.

    Hoje tem gente que faz de tudo para andar pelado HuaHuaHua

    Gostaria apenas que lesse meu comentário, espero não ter agredido, respeito o seu ponto de vista e concordo em numero e grau que, a ausência de informação torna qualquer massa mais suscetível ainda á manipulação. Estratégia usada por governos religiosos, laicos e declaradamente ateus.

    PS: Curto muito o seu blog xD

  7. Lucas Comentou:

    O conhecimento, mesmo sendo uma ameaça para a censura e uma aliada a liberdade de expressão, tem um papel muito antigo e consequentemente atual, e ele é:Limitar-nos.Sim,ele nos limita mesmo nos dando asas.O ser humano sempre teve uma profunda queda por mistérios e coisas não reveladas.Mas é ai que mora o problema, dentro de descobertas extremamente favoráveis, há, muitas vezes indistintos, traços de um mal tão terrível que atrai muitas pessoas com suas promessas de grandes revelações, mas as levam a um fim amargo, que desencadeia uma massa gritante,de mortes tanto físicas como espirituais. O homem deixa de ouvir a sabedoria que tanto diz amar, quando se afasta de Deus. Como se fosse encontrar realmente algo melhor fora Dele.Lembrando : “O coração do homem tem um vazio do tamanho de Deus” Dostoyevsky. Esse vazio não pode ser preenchido sem Ele.

  8. Nina Comentou:

    Concordo com o David C., não dá pra pegar o fato em Gênesis e descontextualizar, para caber em seu post, fora isso, muito bom. :-)

  9. Akito Comentou:

    Desculpa, mas nem ciência ou religião são verdades absolutas. O que acontece é que a ciência é um conhecimento que evoluiu e ainda continua evoluindo, já a religião, é um conhecimento que está estagnado e continua retrocedendo, pelo simples fato de uma maioria de estúpidos se importarem com o que alguns escrotos e manipuladores, fazem para eles acreditarem em suas mentiras para terem uma razão para tentar viver, ao invés de tentarem pensar por si próprio.

  10. rauferau Comentou:

    Gosto de navegar por aqui. Tem muita coisa interessante. Mas também descordo do sorteio sobre Gênesis, “arvore do conhecimento”, e os “peladões”. Há uma diferença abismal entre religião e vida com Deus. Em nada adianta especular sobre Deus se a gente não o conhece intimamente. Por que? A Palavra de Deus é imutável.

  11. Rudy S. Comentou:

    Akilo,

    A religião, de dois pontos de vista, de fato é absoluta, embora apresente algumas limitações, bem específicas, o que lhe garante um pouco de questionabilidade. Já o conhecimento científico, por ser uma projeção do espírito humano, com suas limitações, e pouco específicas, de fato não é, o que lhe garante ainda mais questionabilidade. O que você fez, ao analisar a religião (e “religião” é um termo bem genérico e vago), foi analisá-la do ponto de vista materialista. Dessa forma, é claro que a religião não seria entendida por ti. Aliás, a religião é o assunto mais mal entendido do mundo. Além disso, o, alegado por ti, retrocesso da religião no mundo não se deve somente à religião, que em alguns cantos do mundo se apresenta sob espantalhos de si mesma, favorecendo o próprio descrédito, por irresponsabilidade de seus fiéis, também se deve ao progresso do mundo materialista, que não mais necessita da religião, porém, mesmo não necessitando dela, não a pode provar irrefutavelmente falsa, ainda que o moralismo do Ocidente seja quase todo baseado no cristianismo. O que realmente faz o mundo avançar no conhecimento e ignorar a religião é a imprevisibilidade oriunda da mesma e o mau uso do teísmo nos velhos tempos (Idade Média, Idade Nórdica e mitológico-grega, etc.). Quanto aos estúpidos (suponha que eu seja um religioso. Eu seria estúpido por crer?) sob o comando de escrotos e manipuladores, além de isso se tratar quase de bullying contra quem crê, não é argumento objetivo; e declaração de conhecimento de que religiões pregam mentiras confere ônus da prova a quem a faz. E, por fim, você também tem uma razão para viver (sentido para a TUA existência, não para a vida em si mesma, a qual, segundo Camus, Sartre e Bertrand Russel, não tem sentido sem Deus), que seu psicológico atribui à vida, e o fato de uma pessoa não pensar por si mesma não é certo nem errado objetivamente, a princípio, o que faz com que a ideia de que alguém deve pensar por si mesmo seja apelo subjetivo.

  12. Rudy S. Comentou:

    Como sempre, quando se fala de religião, equivocar-se é facílimo. Pessoas que não entendem do assunto e baseiam-se em modelos parciais ou espantalhos, fornecidos pelos outros, além de confiarem no próprio conhecimento contingente e fundamentarem-se subjetivamente, para questionar aquilo que não conhecem. E dá para falar muito mais a respeito; este texto, que eu fiz, é apenas um resumo.

    ——

    A respeito da menção de Adão e Eva no texto, além de ter ficado descontextualizado, juntou-se a outros conhecimentos, de outros campos, e, criando um contexto enganoso e questionável, formou uma meia-verdade (mais perigoso do que uma mentira – que seria flagrante) em torno do que realmente os primeiros capítulos de Gênesis querem transmitir ao leitor. Não ficou uma coisa legal. E, atualmente, no Brasil, está na moda direcionar ataques “epistêmicos” (aspas) à religião (a cristã, por ser a majoritária). Para constatar isso é só assistir a TV e caminhar por alguns vídeos de política no Youtube e por todos os vídeos envolvendo religião e semelhantes, como filosofia da religião.

    No mais, sou visitante e leitor deste site há alguns anos. Parabéns pelo boníssimo trabalho. Espero que continue assim, e me forneça farto material. Afinal, sou graduando em Letras e, se Deus quiser, futuro graduando d filosofia. :D

  13. Luana Comentou:

    Gostei muito do blog, sou evangélica e nem por isso me incomodo com o que postou , pois ate concordo. Somos punidos quando sabemos demais e isso não sei dizer sé é ruim ou não, mas, não cabe a mim dizer.

    O que fico chateada é que não é cultura no brasil ler mais é cultura sambar fazer festa e ter filhos diversos…e dispersos. O governo ama isso pois com o povo burro pode roubar mais.

    é isso ai,vou divulgar o blog de vocês no meu blog, pois tudo que é bom , em que compartilhar .Abraços

  14. keil Comentou:

    Acredito que a intenção do post fora a de ressaltar a importância do conhecimento muito mais do que incitar um questionamento religioso… Ótimo post!

  15. vanu designer Comentou:

    adorei o conteudo do livro…

  16. Maary Comentou:

    Não nos esqueçamos que a Gênese , assim como todos os livros, foi escrito por nós homens.

  17. JUNIOR Comentou:

    GOSTEI MUITO DO SITE OBRIGADO SEI QUE ALGUNS LEVARAM PARA O LADO DO FANATISMO RELIGIOSO SEU TEXTO DO GENESIS ENTENDI PERFEITAMENTE O QUE QUIS DIZER E CONCORDO EM PARTES…RELIGIAO SIGNIFICA RELIGAR COM DEUS UM DEUS DE AMOR NAO UM TIRANO QUE NOS PUNE PARA TODAS AS VERDADES FICAM MEIAS VERDADES NEM TUDO NOS E REVELADO…SEGREDO E A GRANDE SABEDORIA SO SEI QUE NADA SEI DIZIA SOCRATES

  18. neuda Comentou:

    Acabo de aprender como se faz um bom debate.
    Só não vale descontextualizar … Ou será que vale? Os fins justificam os meios?

Deixar uma Resposta