[Curiosidades] PDL visita livrarias no Uruguai e na Argentina

Posted by: PDL  /  Category: Curiosidades, Informação e Cultura

Janeiro é o mês de aniversário do PDL, e também aquele que a gente escolhe para dar uma descansadinha. Enquanto boa parte da equipe está de férias, acabamos aproveitando nossa viagem à Argentina e Uruguai para fazer uma das coisas que mais gostamos: visitar livrarias.

Muitos já ouviram que só em Buenos Aires há mais livrarias que em todo o Brasil. Constatar isso não foi surpresa. Surpresa foi chegar ao Uruguai, um dos países mais despovoados da América Latina, e encontrar bancas, sebos e livrarias em cada esquina. A economia do país é quase agrária, mas a população possui um nível educacional altíssimo.  Nos parques e praças, os livros tem presença obrigatória. Aliás, quem conhece o Uruguai não pode deixar de conhecer os Uruguaios, prestativos, atenciosos, gentis.

Acho que nossos hermanos descobriram mais cedo que uma boa livraria deve ter um bom café, além de agradáveis espaços para relaxar e ler à vontade. Nesta elegante livraria (foto acima) que fica próxima ao famoso Mercado del Puerto, encontramos um bar no andar superior, com vista para a rua. Já na Puro Verso (foto abaixo), que fica na principal avenida de Montevidéo, encontramos um acervo imenso, em um prédio mais rústico. Ela também tem um sebo, mas essa parte é um tanto caótica.

Infelizmente, continuamos subestimando o mercado editorial uruguaio. Naquela livraria elegante encontrei em uma pilha de edições de Dom Quixote o livro “Cervantes y el Quijote“, de Jorge Luis Borges. Borges é sem dúvida o expoente máximo da literatura argentina, e era absolutamente fascinado pelo Quixote. Como eu. A obra é uma coleção de textos do autor sobre o cavaleiro da triste figura, e eu, tonto que sou, pensei em deixar para comprar na Argentina, para não carregar peso à toa. Só que não achei na Argentina, e não existe no Brasil.

Vista frontal e traseira do salão principal da El Ateneu Grand Splendid

Seguimos para Buenos Aires, capital das livrarias. Tinhamos como parada certa a El Ateneu Grand Splendid, que, de fato, é explêndida. Ela é incrível porque foi montada em um antigo teatro, cujo espaço “para relaxar e ler à vontade” que mencionei é justamente o palco. Um informativo no interior da loja anuncia que em 2008 o jornal britânico The Guardian publicou um ranking das 10 melhores livrarias do mundo, tendo a El Ateneu Grand Splendid ficado com a segunda posição. Como contraponto, achei que pelas dimensões do espaço deveria haver mais atendentes, e os que já estão por lá poderiam ser um pouco mais atenciosos. Saí de lá sem comprar nada, mas logo ao lado já tinha outra, e outra…

No Brasil, é trivial reclamar nos preços dos livros. Nos lugares que visitamos, os preços  realmente são mais baixos, mas nem tanto assim. Alguns bestsellers podem até ter preços melhores aqui. O que nos salvou foram as edições de bolso, compramos algumas jóias da literatura hispânica por poucos pesos. Já o caso das revistas foi diferente. Compramos uma edição da “Muy Interesante”, versão da nossa Superinteressante, por apenas 9.60 pesos, que no câmbio atual dá menos de 5 reais. Nada mal já que aqui ela custa mais que o dobro.

No fim das contas, a mala acabou mesmo voltando mais pesada. Deixamos, a título de curiosidade, nossa lista de aquisições, e mais algumas fotos da relação de nossos hermanos com os livros. Vamos sentir saudades.

Jovens lendo em Colônia do Sacramento, Uruguai

Painel em uma das ruas de Colônia do Sacramento, Uruguai

Argentinos, livros e melancia. Parque Rosedal, Buenos Aires.

O Quixote, finalmente! Calle Caminito, La Boca, Buenos Aires

Mafalda, linda. San Telmo, Buenos Aires.

Lista de livros comprados:

Dormir al sol – Adolfo Bioy Casares – $15 pesos
El oro de los tigres – Jorge Luis Borges – $15 pesos
Ficciones – Jorge Luis Borges – $30 pesos
Intimate Frida – Isolda P. kahlo – $75 pesos
El reino del Dragón de Oro – Isabel Alende $29 pesos
Toda Mafalda – Quino – $165 pesos
Del Amor y otros Demonios – Gabriel Garcia Marquez – $35 pesos

Tags: , , , ,

7 Comentários para “[Curiosidades] PDL visita livrarias no Uruguai e na Argentina”

  1. Eu Comentou:

    será que vocês poderiam diponibilizar o guia de estilo vip? parabens pelo site!

  2. Joanna Comentou:

    Sou muito suspeita pra falar, mas se o Basil fosse metade do que esses 2 paises são teriamos uma população muito mais informada e culta! digo isso porque sou Uruguaya(com muito orgulho) mas tambem sou Brasileira convivi nesses 2 mundo completamente diferentes, mesmo sendo tão proximos.
    Meus parebens Pelo site, recomendo a todos na faculdade e sempre estou lendo algo!

  3. Turin Comentou:

    Um barato.
    O Uruguai nunca despertou nenhum interesse em mim.
    Mas agora tá na lista dos países que quero conhecer. vlw

  4. ronaldo Comentou:

    legal esse site é muito bom :]

  5. [Curiosidades] Livros geram lucros anuais de R$ 140 milhões em Buenos Aires (vídeo) | Blog E-books Grátis - Tudo sobre literatura, download de livros grátis, revistas, quadrinhos e muito mais! Comentou:

    [...] começo do ano, o PDL fez uma visita a livrarias na Argentina e no Uruguai, mostrando um pouco dos hábitos de leitura desses países, em especial da capital da Argentina, [...]

  6. [Curiosidades] Livraria em Lisboa é a mais antiga do mundo, desde 1732 | Blog E-books Grátis - Tudo sobre literatura, download de livros grátis, revistas, quadrinhos e muito mais! Comentou:

    [...] Conheça também nossa visita às livrarias da Argentina e Uruguai [...]

  7. José Flamarion Pelúcio Silva Comentou:

    Muito interessante! Gostei.

Deixar uma Resposta